Portal de Noticias

Lukashenko garante que controla a implantação russa e abre as portas para armas nucleares estratégicas

O bielorrusso, em seu discurso, ordenou às Forças Armadas que restaurassem os antigos silos que abrigavam os mísseis soviéticos Topol com capacidade nuclear.

0 67

O presidente da Bielo-Rússia, Alexander Lukashenko, garantiu que o envio de forças russas para seu país está sob seu controle em meio ao plano do Kremlin de implantar armas nucleares táticas ali e até expressou vontade de hospedar armas nucleares com capacidades estratégicas, muito mais destrutivas.

“Que ninguém se preocupe com a ideia de que a Rússia ocupou algo aqui. Todas essas unidades russas estão sendo treinadas por 500 oficiais bielorrussos”, garantiu Lukashenko em seu discurso sobre o estado da nação perante o Parlamento, coletado pela agência Belta.

“Não podemos assustar as pessoas dizendo que Vladimir Putin capturou a Bielo-Rússia”, argumentou Lukashenko, um fiel aliado do presidente russo, apesar de ter constantemente defendido que seu país é diretamente neutro na guerra na Ucrânia.

“Nós controlamos as tropas que estão em nosso território e elas estão aqui para treinar e aprender como podemos trabalhar juntos se chegar o dia em que, Deus me livre, teremos que fazê-lo”, acrescentou.

Lukashenko, em seu discurso, ordenou às Forças Armadas que restaurassem os antigos silos que abrigavam os mísseis Topol com capacidade nuclear soviética.

“Eu os preservei todos”, declarou o presidente bielorrusso antes de garantir que estaria disposto a aceitar o emprego de armas nucleares estratégicas que, ao contrário das táticas acordadas com o Kremlin, são capazes de desencadear um grau maciço de destruição.

“Se necessário, Putin e eu também traremos armas nucleares estratégicas para cá. E aquela escória estrangeira, que agora está tentando nos prender por dentro e por fora, tem que entender. Não vamos parar por nada em defesa de nossos países, nossos estados e nossos povos”, assegurou o presidente bielorrusso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.