Portal de Noticias

Rick’s Café: A Alma de Casablanca

Chegar a esta cidade do Marrocos, localizada a 80 quilômetros de Rabat e às margens do Atlântico, onde se ergue um dos maiores portos artificiais do mundo, tem um encanto especial. Não apenas por sua imensa mesquita, seus quase 7 milhões de habitantes e sua história refinada, mas também porque o filme estrelado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman em 1942 lhe deu um selo místico que permanece inalterável em seu nome.

1 213

Casablanca é Casablanca. Uma cidade eterna, a mais importante comercialmente de Marrocos e a capital administrativa deste país, cuja história remonta a centenas de anos, quando foi fundada com o nome de Anfa pelos Zenetas no século XI.

O tempo passou e em 1770 começou a ganhar vida, foi construída a sua primeira mesquita, uma madrasa (escola) e um hammam (banho). Um século depois, com apenas 4.000 habitantes, iniciou o desenvolvimento da sua indústria têxtil, tornando-se um grande produtor de lã e, mais tarde, em 1906, destronou Tânger e estabeleceu-se como o primeiro porto marroquino.

Hoje é impossível não querer visitá-lo. E há muitas razões. Uma delas são seus bairros antigos e sua mistura com um patrimônio arquitetônico moderno, fruto do crescimento econômico da cidade.

Imperdível é a Mesquita Hassan II, o templo mais alto do mundo cujos minaretes chegam a 172 metros e que é o segundo em tamanho, depois da mesquita que fica em Meca. A sua construção num terreno de 14 hectares foi decidida pelo próprio rei, Hassan II, que insistiu em que fosse grandiosa, com uma esplanada exterior a rondar os 30.000 metros e que possa receber quase 100.000 pessoas em cerimónias.

Dois mil e quinhentos funcionários e dez mil artesãos em mármore, granito e mosaicos trabalharam nele entre 1985 e 1993, seguindo o projeto do arquiteto francês Michel Pinseau, o mesmo que projetou a Cidade Real em Rabat e embelezou a Champs Elysees em Paris .

Estar ali, ouvir o chamado à oração e ver como vêm de todos os lados rezar, é simplesmente avassalador. Além de entrar na Antiga Catedral do Sagrado Coração, visitar o Museu Villa des Arts ou percorrer a antiga medina (Bab Marrakech e Bab Jédid), outros locais imperdíveis desta cidade.

En la Casablanca más moderna, con sus parques y jardines, imposible no dejarse tentar por un paseo por La Corniche y sus playas (Aïn Diab), llegando hasta el faro de El Hank, zona de hoteles y los mejores restaurantes de la ciudad. O visitar el gran mercadillo Derb Ghallef y, para los menos tradicionales, recorrer el Morocco Mall, el centro comercial más grande de África.

.

TÓCALA OTRA VEZ, SAM

Ya en la noche, sin duda, hay que dejarse llevar hasta el 248 del Boulevard Sour Jdid donde nos encontraremos con el piano, el nombre y la ambientación del café de la película de Bogart y Bergman.

Debes saber, sin embargo, que el filme que ganó 3 Óscar -y postuló a 8- no se grabó en esta ciudad y que los autores de la obra teatral que le dio vida tampoco pensaron en Casablanca cuando idearon su drama. Ante la necesidad de satisfacer a los turistas, sin embargo, la estadounidense Kathy Kriger recreó las salas y el café donde Ilsa y Rick se reencontraron. Lo hizo en una antigua mansión, vecina a la medina y no escatimó recursos en reproducir los detalles del filme. Por eso, una vez dentro del lugar, te olvidarás de que no hay que creerle a Hollywood porque la experiencia de recorrer el Rick’s Café, además sabiendo que estás en Casablanca, es única: suena el piano, la iluminación y la decoración acompañan. Más de alguna sombra, al calor de un buen trago o un plato típico marroquí, te harán creer que Rick Blaine (Bogart) está en cuerpo y alma. La comida es de calidad y está abierto de martes a domingo, como restaurante, bar o cafetería, hasta la una de la madrugada.

Y en medio de todo está el piano, un auténtico Pleyel de la década del 30, que bajo los ágiles dedos de Issam Chabaa, continuamente ofrece As Time Goes By. Y tú, como Rick o Ilsa, quizá con aquel mismo timbre, dirás: “Tócala otra vez, Sam”.

1 comentário
  1. https://www.cucumber7.com/ Diz

    Hi i am kavin, its my first occasion to commenting anyplace, when i read this article i thought i could also create comment due
    to this good post.

    Feel free to visit my web blog https://www.cucumber7.com/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.